Depois da Primeira Guerra Mundial, o macarrão conquistou a Itália e atravessou as fronteiras para ganhar o mundo! Hoje, existem inúmeras versões do nosso clássico dos domingos e um dos meus favoritos, é o Talharim. Não se sabe ao certo, mas o nome “Tagliarini” surgiu por volta do século 13, na Ilha de Sicília, onde os restaurantes buscavam sofisticar o prato, que era produzido em tiras de cinco a dez milímetros, dependendo das mãos de quem os cortava…

Mas é claro que eu não me contentaria apenas com essas informações, então fui aprender na prática, com quem sabe fazer a massa de verdade! E quem nos ensina o passo-a-passo da receita é a chef Patrícia Galli, do Fresco & Congelato Gourmet, então chega de blá, blá, blá e vamos colocar a mão na massa, literalmente! :)

Ingredientes: 

400 gramas de farinha de trigo branca.
50 gramas de semolina – é o que deixa a massa al dente!
Uma pitada de sal comum – peneire os ingredientes secos para deixar a massa homogênea.
1 colher de chá de emulsificante (encontrado facilmente nos mercados).
4 ovos – lave a casca antes!
Geralmente, a medida que se usa, é de 1 ovo para cada 100 gramas de farinha de trigo.

Preparo:

Misture bem, todos os ingredientes secos, adicione os ovos e aumente a velocidade da batedeira! Coloque um fio de azeite para dar mais cor e sabor e em seguida, adicione um fio de água, para dar liga à massa. Adicione o emulsificante (usado para não deixar a massa ficar quebradiça). Lembrando que, se você não tem batedeira, pode fazer o processo nas mãos mesmo. Segundo a Patrícia, o ponto da massa é dado no “feeling”, você vai acertando os ingredientes em pitadas, até que a massa fique homogênea!
A massa está quase pronta, basta colocá-la em um saco plástico próprio para culinária, fechar bem e deixar descansando na geladeira por, no mínimo, 40 minutos…

Caso você não tenha um cilindro, enfarinhe uma superfície limpa e lisa, coloque a massa e passe o rolo até que ela fique bem fina. Em seguida, enrole a massa como se fosse um rocambole, e corte os pequenos rolinhos, que, quando forem desenrolados, se transformarão no Talharim, que deverá ser cozido em água fervente, com uma generosa pitada de sal comum, por + ou – 3 minutos!

Esta é uma massa muito versátil, que pode ser servida com diversos tipos de molho, mas para este post, escolhemos o Bechamel:

Ingredientes:

1 litro de leite.
2 folhas de louro.
1 cebola picada.
1/3 de nós moscada.
1 colher (sopa bem cheia) de manteiga.
1/3 de xícara de chá de farinha de trigo.

Preparo:

Aqueça o leite sem deixar ferver, adicione o louro, a cebola e reserve. Em outra panela, derreta a manteiga e aos poucos, adicione a farinha de trigo, mexendo sem parar, até dourar. Ele vai soltar um cheiro amendoado… Neste momento, coe e adicione o leite, sempre mexendo com o fouet, para não empelotar o molho. Adicione o sal à gosto, noz moscada ralada, misture tudo muito bem durante uns 2 minutinhos e está pronto! Este prato é ideal para ser consumido na hora, em uma mesa rodeada de amigos e farta de vinho!

Você pode provar as delícias da chef Patrícia Galli, no III Bazarte do MACS que acontece das 9 às 18h, dos dias 8 e 9 de agosto, na Av. Professor Arthur Fonseca, 203 | Sorocaba-SP.
Mas se preferir, faça as suas encomendas no Fresco & Congelato Gourmet através dos fones:  (15) 3346.9326 | 9.9778.3432

Fotos: Closet Blog.
PS: Eu sei que a edição das fotos não está boa, mas foi o melhor que eu consegui fazer! Sorry…